Espaço de reflexão e de partilha dinamizado pelos professores e técnicos do Departamento de Educação Especial do Agrupamento de Escolas Padre João Coelho Cabanita - Loulé
12 de Setembro de 2016

A equipa portuguesa de boccia BC1/BC2 venceu a Argentina (6-2) e terminou em terceiro lugar nos Jogos Paralímpicos Rio2016, conquistando a medalha de bronze.

Mais uma medalha. E novamente de bronze. Abílio Valente, António Marques, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira, da equipa portuguesa de boccia BC1/BC2, venceram a Argentina (6-2) e terminaram em terceiro lugar da competição no Rio2016.

A delegação portuguesa nos Jogos Paralímpicos Rio2016 conquistou na sexta-feira a primeira medalha. Luís Gonçalves ficou em terceiro lugar prova dos 400 metros T12 (deficiência visual) e trouxe o bronze.

O boccia é uma modalidade exclusiva dos Jogos Paralímpicos, que consiste em lançar bolas tentando deixá-las o mais perto possível de uma bola alvo, e é destinada a atletas com deficiência motora – paralisia cerebral em cadeira de rodas ou doenças neuromusculares -, que pode ser disputada individualmente, em pares ou por equipas de três elementos, sem divisão por género.

Na modalidade, designado pelas iniciais BC, os atletas são divididos em quatro classes, numeradas de 1 a 4. As classes 1 e 2 são destinadas a atletas que jogam com a mão ou com o pé, a 3 agrupa os atletas que jogam com calhas, e a 4 os praticantes que sofrem de doenças neuromusculares.

publicado por Educação Especial em Loulé às 23:56

O atleta português, atual campeão do mundo da categoria, ficou em terceiro lugar na final nos Jogos Paralímpicos. Luís Gonçalves bateu o recorde pessoal e deu a primeira medalha a Portugal.

O atleta português Luís Gonçalves conquistou esta sexta-feira a medalha de bronze na final dos 400 metros T12 dos Jogos Paralímpicos, no Rio de Janeiro. O atleta do Sporting cumpriu a prova em 49,54 segundos, batendo assim o seu recorde pessoal.

A prova foi ganha pelo chinês Qichao Sun, que fez um tempo de 48,57 segundos. A prata ficou para o marroquino Mahdi Afri, que fez os 400 metros em 49 segundos. O espanhol Joan Munar Martinez, campeão europeu da categoria, ficou fora do pódio.

publicado por Educação Especial em Loulé às 23:54

 

publicado por Educação Especial em Loulé às 23:50
Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
O Autismo não é doença e também não é raro. Porém ...
Sim gostei última vez estou bem
Muito interessante e útil!
blogs SAPO